Cachorro pode comer verduras e legumes? Veja quais são permitidos

Cachorro pode comer verduras e legumes? Veja quais são permitidos

O cachorro pode comer verduras e legumes?

cachorro pode

Cachorro pode comer verduras e legumes

O paladar dos cães, assim como o nosso, é muito diversificado. Existem animais que preferem um tipo de verdura do que a outra, e isso se estende aos legumes também.

Em geral, melhores verduras para os cães são as que tem folha verde, por terem uma grande quantidade de vitaminas, propriedades antioxidantes, fibras e outros benefícios. E entre os vegetais permitidos, são ricos em betacaroteno muito importantes para eles.

Vale ressaltar, que as verduras e legumes indicados aqui, devem ser cozidos e triturados antes de serem oferecidos ao seu cão, a fim de proporcionar uma melhor digestão para seu pet.

Se você deseja introduzir esses alimentos na dieta do seu cão, é necessário que esta seja formulada por um médico veterinário, pois certas verduras ou legumes podem ser prejudiciais para a saúde do seu animal.

As verduras e os legumes oferecidos para os cães podem ser bastante úteis em casos de doenças. Veja nesta matéria alguns deles.

 Cenoura

cachorro pode

Cachorro pode comer verduras e legumes-cenoura

A cenoura é um dos legumes mais aceitos por eles,  é rica em vitamina A, que serve para a visão e auxilia na formação de novas células, evita infecções. E para os filhotes, contribui para a formação dos dentes. Contém também as vitaminas C e K e o potássio. A vitamina C é um poderoso antioxidante, que impede a ação dos radicais livres, prevenindo o câncer, doenças cardíacas e respiratórias. A vitamina K melhora a coagulação sanguínea e também a saúde dos ossos. Portanto tem propriedades antioxidantes, depurativas e digestivas.

Pode ser dada cozida, preferível sem casca e sem sal. Podemos dar um pedaço de cenoura crua sem pele, para que ele o mastigue e assim ajuda  na prevenção da placa bacteriana. A cenoura portanto é muito importante para a dieta do seu cachorro.

Abóbora

A abóbora, pode ser uma grande escolha para o seu pet. Encontramos nela vários nutrientes essenciais para seu animal, como: potássio, carboidratos, proteínas, sódio, magnésio, ferro, cálcio e fósforo. A abóbora também é rica em vitaminas A, C as quais ajudam a aumentar a imunidade do organismo e, portanto, é muito bom para animais que estão com a imunidade baixa e também contém a vitamina E a qual retarda o envelhecimento, previne e controla as doenças cardiovasculares, fortalece o sistema imunológico e combate a anemia.

Ela deve ser cozida e fornecida para o seu animal sem casca e sem sementes. Por ser rica em fibras, ajuda os cachorros que sofrem com prisão de ventre.

Brócolis

O brócolis contém cálcio, zinco, sódio, potássio e ferro. Tem também vitaminas diversas como: A, B1, B2, B6 e C. Por causa dessas vitaminas melhora a saúde celular, o sistema nervoso, aumenta a resistência do sistema imunológico e a circulação sanguínea. Possui propriedades anticancerígenas, evita doenças do coração e problemas estomacais como úlcera e gastrite.

Ele deve ser cozido e misturado com a ração ou a comida fornecida à ele. É bem aceito por nossos animais de quatro patas.

Beterraba

cachorro pode

Cachorro pode comer verduras e legumes

A beterraba é uma boa fonte de nutrientes para os cães, porém animais que tem diabetes não podem consumi-la, devido ao grande teor de açúcar. Ela é rica em vitamina A, C e vitaminas do complexo B, sendo ótima para a manutenção do sistema imunológico, visão do cão, tem ação anti-inflamatória, revitalizante, diurética e digestiva. Contém antioxidantes como carotenoides e flavonoides, minerais como zinco, magnésio, fósforo, potássio e ferro.

A beterraba deve ser cozida e de preferência retirar a casca para depois fornecer ao animal.

Vagem

A vagem é rica em vitaminas A , B e C  a qual tem propriedades antioxidantes e aumenta  a imunidade. Vitamina K que promove a absorção do cálcio. Contém ácido fólico, manganês, minerais como o silício, magnésio e cálcio. Os flavonoides e carotenoides presentes na vagem tem propriedades anti-inflamatórias. Contém fibras que ajudam no sistema digestivo. Ela é indicada também para reduzir o colesterol, e em alguns casos, indicada para os cães diabéticos.

Deve ser cozida e oferecida ao seu cão. Muitas pessoas a fornecem como petisco, e afirmam que tem uma ótima aceitação pelo cão.

Alface

A alface tem principalmente vitaminas A e C e sais minerais como cálcio, ferro e fósforo. Ela tem propriedades analgésicas e depurativas. Se o seu pet sofre de constipação, a alface pode ajudá-lo a aliviar os sintomas, especialmente se ele gostar do sabor e aceitar as folhas naturalmente. Fique atento, pois se consumida em excesso, a alface pode causar diarreia e desconforto gastro-intestinal. Tem baixas calorias, baixo valor nutricional, apenas algumas fibras e vitaminas, sendo portanto, uma opção pobre quando falamos em verduras e hortaliças. Podemos dizer, sem dúvidas que há outras verduras ou legumes muito melhores e mais adequados para a dieta canina do que alface.

Pode ser dada de forma individual ou acompanhada com outras verduras e legumes.

Espinafre

cachorro pode

Cachorro pode comer verduras e legumes

O espinafre é uma ótima fonte de vitamina A, C, E , F, vitaminas do complexo B e ácido fólico. Além dessas vitaminas, o espinafre também é rico em: cálcio, fósforo, potássio, sódio, ferro e magnésio. É rico em fibras e serve para regular o intestino. O ácido fólico mantém o sistema cardiovascular saudável. O ferro é fundamental no desenvolvimento e saúde das células vermelhas do sangue. Os carotenoides tem propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas.

A maioria dos cães adoram por ter uma boa palatabilidade, sendo uma ótima escolha para o seu fornecimento. É aconselhável que o espinafre seja cozido e depois misturado junto com outros legumes e verduras.

Chuchu

O chuchu é uma ótima fonte de fibras, além de ter uma excelente digestibilidade. É indicado para cães que estão fazendo dieta para emagrecer. É rico em vitamina A e C, tendo também nutrientes como o cálcio, ferro e fósforo. Pode ser dado ainda no estágio de broto, sendo uma boa fonte de vitaminas B e C.

É indicado que seja fornecido ao animal, cozido e sem a casca.

Couve

A couve é usada muitas vezes na dieta do cachorro. É rica em vitamina A, C, E e K e vitaminas do complexo B e fibras. É bastante rica em ferro, potássio, cobre, manganês, fósforo, cálcio e magnésio estes dois últimos muito importantes para a manutenção dos dentes e ossos dos animais. Tem propriedades antioxidante, anti-inflamatória e cicatrizante.

Deve ser cozida e dadas em tiras e misturada ao alimento dele.

Aipo

cachorro podeCachorro pode comer verduras e legumes

O aipo tem vitaminas A, B6, C, fibras, proteínas, cálcio, ferro, fósforo e magnésio. Tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que além de ajudar na eliminação de radicais livres, os quais podem causar danos às células e trazer doenças como câncer. Também é diurético, digestivo e fortalece o sistema imunológico. É ideal para cães que tem artrite, ajudando diminuir a dor por seu poder anti-inflamatório.

Pode ser dado em sua versão natural, ou prepará-lo como suco e dar ao seu cachorro uma vez por mês, pela manhã e em jejum.

Pepino

O pepino tem antioxidantes como a vitamina C e vitaminas B1, B5 e B7 e outro nutriente precioso como o potássio que ajuda a reduzir a pressão arterial, melhora a circulação sanguínea, a contração muscular e a saúde do coração.

Deve ser cortado em rodelas finas ou em pequenos cubos, e é uma fonte de água e fibras que ajuda na saúde intestinal.

Batata

A batata é ótima fonte de vitamina do complexo B e C. Também tem cálcio, potássio e ferro, estes colaborando assim, com a manutenção do sistema imunológico, dos músculos, dos ossos e dentes. A batata deve ser servida sempre cozida e sem temperos. É recomendável retirar a casca, podendo amassar para que fique como purê.

Ervilha

cachorro pode

Cachorro pode comer verduras e legumes

A ervilha é uma ótima fonte de vitaminas A, C, E, K e vitaminas do complexo B como a B1, B2, B3, B6 e B9 (ácido fólico) e minerais como o cálcio, potássio, fósforo, ferro e zinco. Tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes as quais  auxiliam na eliminação de células mortas e favorecem o fluxo sanguíneo, reduzindo as doenças do coração e controla os níveis de colesterol. A vitamina C, é uma das grandes responsáveis pela saúde do sistema imunológico, além de apoiar a absorção de ferro. O cálcio ajuda na saúde e fortalecimento dos ossos, prevenindo da osteoporose. A vitamina K também pode agir de forma positiva para o fortalecimento dos ossos,pois ajuda na absorção do cálcio.

Devemos dar a ervilha natural, pois esta oferece menos influencias negativas sobre a saúde do seu cão. As versões naturais também possuem maior teor de proteínas, vitaminas e minerais. Antes de oferecer ao cão, devemos cozinhá-la sem a vagem (debulhar antes) e sem temperos.

Inhame

O inhame é uma ótima fonte de carboidrato para o seu cão. O inhame é de grande importância nutricional, pois tem baixo teor de gordura e alta concentração de fibras. Além disso, o inhame fornece ao animal fontes de vitaminas A e C, como também as do complexo B. Ele contém uma substância chamada Diosgenina, que tem a propriedade de se converter em hormônio, sendo assim, uma das melhores opções de fornecer ao seu cão.

Lembre-se sempre de cozinhar bem o inhame e retirar a casca e amassá-lo antes de oferecer para o seu animalzinho.

Salsinha

A salsinha é um tempero muito utilizado na culinária brasileira, sendo também bem aceita pelos animais de estimação. É rica em vitamina A, vitaminas B1 e B2, vitamina C e vitamina D. Um ponto positivo da administração da salsinha, é que ela contém poucas calorias.

Pode ser fornecida ao animal tanto natural quanto cozida.

Tomate

cachorro pode

Cachorro pode comer verduras e legumes

O tomate é classificado como um fruto, porém é conhecido na culinária como um legume. Por conter bastante líquido e ter um gosto adocicado, o tomate é uma excelente opção para oferecer ao cão. É rico em vitaminas A, B e C. Ele também tem um grande valor nutricional, pois contém cálcio,ácido fólico e potássio. É rico em licopeno, um agente antioxidante e anticancerígeno que combate os radicais livres. O potássio é importante no controle da pressão arterial, nas contrações musculares, na saúde das artérias e na manutenção dos líquidos celulares.

O tomate pode ser fornecido com sua casca, porém é indicado retirar as sementes. Pode ser dado cozido, porém não tem contra indicação de dar o tomate cru.

Aspargo

O aspargo contém vitaminas A,  B1,  B2,  B3,  B5,  B6,  B9, C,  E e vitamina K, carboidratos, fibras e proteínas. Minerais como cálcio, ferro e magnésio. As vitaminas do complexo B ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue, a vitamina K funciona como diurético natural. Tem propriedades antioxidantes que desaceleram o envelhecimento e anti-inflamatórias que ajudam a prevenir doenças do coração. As fibras e proteínas auxiliam na digestão.

O aspargo deve ser dado com moderação. É um alimento muito útil, porque serve como fonte de fibra natural na dieta do seu amigo de quarto patas.

Palmito

O palmito pode ser uma boa escolha para colocar na dieta do seu cão. É um alimento rico em vitaminas A, C e do complexo B e minerais como cálcio, ferro, sódio, potássio e zinco.  O zinco  ajuda nos processos inflamatórios e de cicatrização e  auxilia no metabolismo das proteínas.Ele é muito importante para a manutenção dos ossos e tecidos do corpo. O palmito é rico em fibras alimentares, que ajudam a fazer com que o intestino funcione da maneira correta.

Antes de ser fornecido ao seu animal, ele deve ser fervido de 15 a 20 minutos para diminuir a alta concentração de sódio.

Conclusão

cachorro pode

Cachorro pode comer verduras e legumes

Não é obrigatoriamente necessário o cão se alimentar somente verduras ou legumes, já que o animal é naturalmente carnívoro, porém é indicado o uso deles, pois são excelentes para complementar as exigências nutricionais do animal.

Se a ração oferecida ao nosso pet não contém antioxidantes, nem fibras, a melhor forma de consumi-los é através de frutas, legumes e verduras, oferecendo assim, uma dieta variada e ele não se cansará de comer sempre a mesma coisa. Lembre-se que as frutas e verduras somente servem como complemento na dieta do seu animal. E tentar não dar somente uma fruta ou uma verdura, o melhor é ir variando um pouco, entre diferentes vegetais ou frutas.

Alguns  médicos veterinários elegeram a dieta natural como medida de tratamento de algumas doenças nos cães. Portanto se você deseja introduzir esses alimentos na dieta do seu cão, é necessário que seja consultado um médico veterinário, pois certas verduras ou legumes podem ser prejudiciais em alguns tipos de doenças.

Veja também os biscoitos que você pode dar para seu cachorro clicando aqui.

Quer dar uma alimentação saudável para seu cão? Veja aqui.

Gostou da matéria? Então continue  acompanhando nosso Blog Coisas de Bicho que sempre vamos trazer novidades para você.

Siga também nossa página do Facebook: Coisas de Bicho

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE